Posts Tagged ‘Cinema em cuiabá’

Carta de agradecimento equipe colaborativa do Curta “Oliteralmente”

21 de janeiro de 2011

É com entusiasmo que venho por meio deste, trazer notícias sobre a fase de pós produção finalização – tratamento de imagens e composição da trilha sonora do Curta metragem “Oliteralmente”, com o filme já montado, cortado e costurado, beirando a linha dos 11 minutos e 33 segundos, agora chega a hora duma parte minuciosa que exige dos músicos sensibilidade extrema, quase que cirúrgica para encaixar a emoção exata para cada cena, cada corte, cada suspiro. É a psicologia do ritmo sonoro, aquele que quando coliga com a imagem transforma-se em sétima arte… o áudio, a sonoplastia os ruídos! Um grande potencial na edição e construção de uma obra prima. 

Com isso, nós da Cellula, o que temos a fazer agora é agradecer, a cada única pessoa que participou desse processo suado, trabalhoso, árduo, porém gratificante com a gente! Todos os apoiadores, colaboradores, a equipe inteira, que acreditou e fez acontecer! Desde o Marcelo Biss e a Barbarela, até a Fábrika, nossos pais, o coletivo juntos somos fortes, as lojas que emprestaram figurinos e objetos de cena, os figurantes, os personagens, os responsáveis pelas locações, o editor (Sergião), até os funcionários do lixão, enfim. Todos que de alguma forma fizeram parte dessa história.

Como núcleo Cellula, saímos desta missão mais ricos, não em dinheiro, pois se não fosse a força de trabalho de vocês não conseguiríamos atingir nossas metas, mas sim ricos de estímulo e com a certeza de que vamos continuar produzindo muito, e democratizando nossa arte até o fim, nossa forma de pensar-agir, com o otimismo implícito na obra, de que a realidade é absurda e precisamos jogar com ela, se ficarmos aqui parados nada, nunca, vai mudar.



Programamos finalizar por completo a obra ainda em janeiro, e faremos o lançamento em fevereiro. Antes disso,
vamos agendar uma reunião com a equipe inteira para todos assistirem e darem suas opiniões. A trilha sonora está sendo composta pelo Mayconn Rodrigo, Caio Mattoso, Eduardo Ferreira, Danilo Fochesatto e Fabrício Chabô.

Em breve mais notícias.

Em breve um novo roteiro pra colocarmos a mão na massa. hehe

post by @Cajulina.

Anúncios

Estréia hoje mais um Curta Metragem cuiabano “Fita Amarela”

19 de junho de 2010

Estudantes do Núcleo Lado B exibem o curta no Cineclube Coxiponés

Por Dafne Spolti*

Fotografia: Cícero Lima**

O curta-metragem “Fita Amarela”, produzido pelo Núcleo Lado B, com direção de Madiano Marcheti, será exibido amanhã (19), no Cineclube Coxiponés, às 17h. O filme pretende trazer reflexões sobre velhice, lembranças, loucuras e liberdade.

“Fita Amarela” tem uma narrativa não linear. Músicas de carnaval, barulhos da cidade, cores fortes, escuridão e estouros de luz levam quem vê o filme a expectativas e diversas interpretações sobre a história.

O diretor Madiano Marcheti explica que esse tipo de narrativa “é uma forma de nos acostumarmos com um outro tipo de cinema, que não seja o formato ‘padrão’”. Para ele, “Fita Amarela” pode provocar várias reflexões. “E é esse nosso objetivo”, conclui.

Michael Haneke, diretor francês, foi um dos principais cineastas a influenciar o formato narrativo do filme. Os cinéfilos poderão perceber o cinema de Haneke em algumas cenas e sequencias do curta. Segundo Marcheti, que assistiu a muitos filmes do diretor recentemente, o estilo da narrativa de Haneke abriu inclusive novas possibilidades de final para o curta. “Até a metade do projeto o filme tinha um final e depois decidimos fazer de uma outra forma”.

O Núcleo Lado B é formado principalmente por estudantes dos cursos de Radialismo, Publicidade e Propaganda e Jornalismo que buscam, assim como outros grupos, fomentar, fortalecer o audiovisual em Cuiabá e Mato Grosso.

A exibição do curta-metragem será gratuita e aberta à sociedade. O Cineclube Coxiponés fica no Centro Cultural da UFMT.

Mais informações: 3615-8377

*Estudante de Jornalismo da UFMT, bolsista do Cineclube Coxiponés e membro do “Núcleo Lado B”.

**Cícero Lima é fotógrafo e membro do “Núcleo Lado B”.

Ficha Técnica de “Fita Amarela”

Duração: 13’ 24’’

Gênero: Drama

Direção: Madiano Marcheti

Elenco: Lê Gatass / Helena Werneck dos Santos / Luana Costa

Assistente de Direção: Priscila Kerche

Direção de Produção: Helena Gentile

Produção: Mariana Freitas / Helena Gentile / Luiza Raquel / Sofia Louzada / Rodrigo Rachid

Fotografia: Dafne Spolti / Cícero Lima

Arte: Laís Costa

Som Direto: Felippy Damian / Pedro Brites / Dafne Spolti / Priscila Kerche

Continuidade: Laís Costa/ Priscila Kerche

Edição e mixagem: Madiano Marcheti

Finalização: Madiano Marcheti / Dafne Spolti

Motorista: Mariana Freitas