Posts Tagged ‘Espaço Cubo’

VIDE[O]VIDA nas ruas já!

2 de outubro de 2010

A dinâmica da oficina VIDE[O]VIDA ministrada pela Cellula já esta engatilhada, trata-se um projeto de formação no qual ensinaremos a formatar uma idéia em roteiro, estimular o imaginário dos jovens de ensino médio e, construir em coletivo uma manifestação de videoarte.

Dividimos a os alunos em duplas e trios, e provocamos o pensamento crítico para criarem uma idéia simples  e desenvolverem um roteiro de tema livre. O grupo decide qual roteiro se identifica mais, e debatemos a viabilidade de gravação. As funções da ficha técnica são de acordo com o perfil de cada participante e as filmagens ocorrerão em novembro, a equipe tem como meta se reunir em alguns dias de outubro para garantir a pré produção.

Faz parte da propósta da oficina, provocar o pensamento crítico dos jovens a respeito do mercado cultural dentro do atual contexto, a democratização da informação e, mostrar na prática as alternativas de fazer cinema pelas próprias mãos. O intuito é dar continuidade ao projeto e formar núcleos autônomos que trabalhem em pról da rede produtiva da arte.

A oficina VIDE[O]VIDA vai fazer parte da etapa do Calango nas Escolas assim como vários ativistas culturais darão oficinas de diversos segmentos artísticos a partir dessa semana nas seguintes escolas: CEMA (04/10), EE João Brienne de Camargo (05/10), EE Zélia Costa (06/10), ICE (07/10).

O oficineiro representante da Cellula é o Felippy Damian.
Quem quiser mais informações envie sua dúvida para cellulanucleo@gmail.com

Parceiros de luta.

28 de agosto de 2010

Dentre os defeitos da equipe de “Vende-se” certamente não estará a ingratidão, tanto que escrevemos este texto só pra agradecer a galera que compõe o formigueiro. Sabemos quão fundamental é o trabalho colaborativo pra dar a direção da consolidação das nossas metas, dentre elas, mostrar ao mundo através da arte, a forma que enxergamos a vida. As experiências e olhares de cada um é complementar no processo da construção em grupo, isso provoca fusão de conceitos que resulta numa verdadeira obra de arte.

A maior parceria do Núcleo Cellula nessa produção é o coletivo Juntos Somos Fortes, estudantes da UFMT sedentos por dissipar a comunicação, a quem tem direito, o povo.

Das coisas mais surreias que já  nos aconteceu na preparação do curta, está em destaque sem duvida a adição da Biss Filmes e Coisas na equipe, por meio do inquieto Chabô, que convidou Marcelo e Barbara, estradeiros das antigas, dispuseram toda a experiencia que falatava para dar um “q” de profissionalismo à produção. A preparção de elenco feita por André d’Luca foi uma tempestade incendiária, experiência inesquecível pra todo mundo.

O que dizer da ZIM Empreendimentos, parceira tão antiga quanto constante? Ganhar grana outros também sabem, mas é a consciência de investir a grana na cultura dentro da propria UFMT que distingue a ZIM de qualquer outra iniciativa empreendedora que se já teve notícia….que já se teve noticia.

Estendemos os agradecimentos a Brindes e Cia, Marajá, Papelaria Ipiranga, Eduardo ferreira, Espaço Cubo, Cufa, e toda a equipe e elenco que acreditam, entre outros que conseguem ver a chuva chegando, e ralam como nunca debaixo do sol, do sol cuiabante só pra ver o formigueiro tomar a cidade e a nossa doença se espalhar.

ps: não se esqueçam, Domingo às 8h estaremos na praça Alencastro para o primeiro dia de gravação do curta Vende-se. Vamos fazer juntos? ligue pra nossa produtora Rita Duarte – 9912 1559 – cellulaproducao@gmail.com

Mudança de Plano

13 de fevereiro de 2010

Nem a loira gostosa da previsão do tempo nem mesmo São Pedro poderiam prever a calamidade pluviométrica cuiabana dessa madrugada, estávamos no Grito do Rock e parece que os Deuses do Metal derramaram seu suor sobre nossa baixada a noite inteira. Pior que isso foram as consequências e não estou falando de acordar remando com minha cama-canoa descendo a Presidente Marques. Pior que isso, nosso tão querido Museu do Morro da Caixa d’água velha amanheceu com água até no pescoço, olha que lá nem tem pescoço.

Pra resumir, o final da Ópera é a seguinte, tivemos que mudar o local da tão esperada Primeira mostra do grupo Céllula que aconteceria lá. Pois é, agora quem estiver a fim de assistir o melhor do filme independente vai ter que ir pro Espaço Cubo, que fica na Avenida Presidente Marques número 240, próximo ao Liceu Cuiabano.

Mas podem ficar tranqüilos, a gente já conseguiu uns patrocínios de bóias de braço personalizadas do Mickey e pipoca. Agora só falta a sua presença.